Friday, July 13, 2012

Abaixem o VOLUME.............


A que ponto chegou a agressão aos tele espectadores, ja a muito tempo a situação é irritante, estas empresas são muito burras, se acham que estão agradando ou conseguindo atenção aos produtos anunciados com o aumento de volume nos intervalos.
Se esquecem que existe o contro remoto, se insistem na agressão, mudasse o canal, perdem em audiencia.
-----------------------------------------------------------------------            --------------------------------------------------------------------

Governo proíbe aumento de volume da TV durante comerciais

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que assinou portaria (Foto: Divulgação)
Depois de 11 anos, o governo federal finalmente regulamentou a lei que proíbe o aumento de volume da televisão durante os intervalos comerciais, prática comum entre as redes abertas e, principalmente, canais pagos.
O Ministério das Comunicações publicou ontem no Diário Oficial da União portaria que regulamenta a lei 10.222, de 9 de maio de 2001, que padroniza o volume de áudio nos intervalos comerciais.
A portaria estabelece os parâmetros técnicos que as redes devem seguir para que "não haja elevação injustificável de volume entre um bloco de programa e o intervalo comercial imediatamente posterior".
Segundo o ministério, foram adotados parâmetros internacionais, e a tolerância permitida é praticamente imperceptível ao ouvido humano.
A portaria também traz normas para a fiscalização da lei. Serão analisadas seis amostras de áudio de programação e intervalo comercial imediatamente posterior. Eventuais entradas ao vivo de externa (por exemplo: quando um repórter aparece ao vivo da rua, conversando com um apresentador no estúdio) serão descartadas.
As emissoras, no entanto, só terão que cumprir a lei daqui um ano. O Ministério das Comunicações deu 12 meses para adaptação. A maior punição prevista é a suspensão das transmissões da emissora durante até 90 dias.
O aumento do volume dos comerciais é um velho truque das emissoras de TV para aumentar o poder de persuasão da publicidade.
Uma reportagem publicada pelo jornal Folha de S.Paulo, em 2010, dectectou variação de até seis vezes entre o volume do programa e o dos comerciais.

1 comment:

Janice Adja said...

Eu pensava que era defeito no televisor.
O Canal "TV Aparecida" é a pior que tem. rsrsrsrs
Beijos!